ArticulaÁűes PolŪticas

Parcerias

Notícias

Atores brasileiros gravam vídeo protestando contra machismo e a favor do direito

olmo_gaivota02.jpg O projeto de Lei 5069, de autoria do presidente da C√Ęmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), dificulta o aborto legal em caso de estupro ao determinar que a v√≠tima procure uma delegacia e passe por um exame de corpo de delito antes de ser atendida pelo sistema p√ļblico de sa√ļde. Ainda segundo o projeto, quem induzir, instigar ou ajudar a gestante ao aborto receber√° pena de pris√£o de seis meses a dois anos. O texto ainda dever√° ser votado em plen√°rio.

Em um momento bastante oportuno ‚Äď quando t√™m acontecido protestos contra o PL em todo pa√≠s ‚Äď um grupo de atores brasileiros divulgou um v√≠deo (abaixo) para defender o direito da mulher sobre o pr√≥prio corpo e tamb√©m promover o filme nacional ‚ÄúOlmo e a Gaivota‚ÄĚ, que mistura document√°rio e drama.

Com poucos mais de 2 minutos e meio de dura√ß√£o, o v√≠deo mostra atores caracterizados como Olivia, a protagonista do filme, enquanto falam sobre tabus da gravidez, a tentativa de diminuir a import√Ęncia da mulher na sociedade e sobre o aborto.

A a√ß√£o batizada de "Meu Corpo, Minhas Regras" √© uma resposta inteligente √†s agress√Ķes verbais registradas nas redes sociais sobre o discurso feito pela diretora do longa, Petra Costa, no Festival do Rio de Janeiro em outubro (assista aqui). Na ocasi√£o, Petra declarou que deseja que nenhuma mulher brasileira seja v√≠tima do machismo, f√≠sico ou verbal, e que toda mulher possa ter soberania sobre o pr√≥prio corpo. Coment√°rios como "vadia, se n√£o quer ter filho, fecha as pernas" inundaram a p√°gina do filme.

O filme, que estreia nesta quinta-feira (5 de novembro), conta a hist√≥ria de Ol√≠via, uma atriz que est√° ensaiando a pe√ßa ‚ÄúA Gaivota‚ÄĚ, de Anton Tchekov, quando descobre que est√° gr√°vida.

Veja o campanha:Your text to link...


Fonte: Catraca Livre

Outras notícias