Articulações Políticas

Parcerias

Notícias

Coletivo Mulher Vida – Dia Internacional da Mulher

logoCMV.png O Coletivo Mulher Vida (CMV) marcará presença na passeata promovida pelo Fórum de Mulheres de Pernambuco, nessa sexta-feira (06), a partir das 14h, no Parque 13 de Maio, região centro do Recife, seguindo até a Praça do Derby.

O apoio ao evento integra as ações que a entidade vem realizando desde a segunda-feira (02), dentro da Semana da Mulher, na qual o CMV atua este ano com base no tema “Por mais Cidadania e pelo Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas”, em referência ao Dia Internacional da Mulher, no próximo domingo (08).

A proposta é promover durante a semana diálogos com os adolescentes participantes dos projetos realizados no CMV, bem como levar palestras, atividades, balcão de direito e a produção de vídeos para as escolas parceiras do Coletivo.

CAMPANHA

O dia 8 de março é um dia para ser comemorado. Nos últimos 27 anos o Brasil avançou em relação a garantia de direitos para mulheres, com a criação de leis, políticas e planos para combater a violência, o tráfico de pessoas, a desigualdade racial, a descriminação sexual, a desigualdade de acesso a emprego e renda, a educação, a moradia, entre tantos outros direitos que garantem a plena cidadania das mulheres, conquistados com a Constituição de 1988.

Mesmo diante de todo esse avanço, anualmente milhares de mulheres ainda são vítimas do tráfico de pessoas para fins de exploração sexual, tendo o ambiente doméstico ainda como o local de maior ocorrência dos casos de violência e, por vezes, incluindo os fatais. A casa, a rua, o trabalho e a escola são espaços de convívio de pessoas que são educadas numa cultura machista, que favorece o patriarcado e utiliza a violência e a exclusão social para garantir a permanência desse sistema.

Ser mulher num mundo que passou milhares de anos excluindo o ser feminino como sujeito de direito é enfrentar do dia que nasce ao dia que morre várias violações de direitos. Que nesse 8 de março possamos reforçar a luta pelos direitos das mulheres. A busca por cidadania plena continua e ainda há muito para ser feito.

Outras notícias